laohai

cursos

políticas públicas e organização da educação básica (POEB) - licenciatura - 2021

docente: prof. dr. marcos ferreira-santos, lab_arte

lattes: http://lattes.cnpq.br/1074988266323465 
fapesp: http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/87136/marcos-ferreira-santos/ 
canal no youtube (obras musicais e entrevistas): https://www.youtube.com/c/MarcosFerreiraSantosoficial-mito_musica/videos
spotify: https://open.spotify.com/album/1bN6wDZCVP6Re9q4lIbXXs

contatos:
marcosfe@usp.br
agenda
cursos
livros
artigos
música
trajetória
 
livro-base do curso:

FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3ª.ed., 2019.
acesso portal livre de livros USP

livro físico em edição anterior

em tempos de quarentena e com a dificuldade de sinal estável que eu tenho aqui na zona rural pela proximidade com a serra da cuesta
para atividades síncronas "on line", as discussões serão então alimentadas com a publicação de vídeos com conversas-musicais, respostas às dúvidas e outros diálogos através de grupo de emails:
poeb_marcosfe@googlegroups.com
INDISPENSÁVEL:
- enviar as dúvidas decorrentes da leitura do texto indicado
- perguntar... toda e qualquer dúvida, é uma dúvida
("o erro é um momento epistemológico", paulo freire)
- estou aqui para tentar auxiliar na "formação superior". Entenda-se: raciocínio, reflexão crítica e sensível, comprometimento comunitário e pessoal, criação e expressão próprias
peço que todas as dúvidas e comentários sejam enviadas apenas ao grupo acima
e questões particulares apenas para
marcosfe@usp.br

roteiro dos encontros com
a bibliografia e cinegrafia


16 de abril
apresentação inicial, questões de estágios e procedimentos de aula; e introdução à antropolítica
- conversa-musical de apresentação
- pessoas companheiras de viagem
- entrevista de marcos ferreira à revista futuro do pretérito
23 de abril
Educação: função social e contexto existencial - perspectiva antropológica: tridimensionalidade da existência

Texto base:
"humanitas: a educação entre as estruturas de poder e a potência existencial" (p.15-28). In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.
- conversa-musical "marcos ferreira apresenta nikolay berdyaev"
- conversa-musical "
humanismo biocêntrico & dialógicas”


30 de abril
Direito à Educação: as contradições da nova LDB e o movimento das políticas públicas às poéticas públicas

Texto base:
"direito à educação: além do texto e aquém do tecido" (p.29-48) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

- leitura complementar:
CURY, C. R. J. Direito à educação: direito à igualdade, direito à diferença. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 116, p. 245-262, jul. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-15742002000200010&script=sci_arttext&tlng=en

WILLMS, Elni E.; ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (2014). A pesquisa como jornada interpretativa: uma leitura metafórica do filme “A lenda do pianista do mar”. Quipus, 3 (1): 117-130, maio. ISSN 2237-8987. Disponível em: http://repositorio.unp.br/index.php/quipus/article/view/700/486

- conversa-musical entre binho (sarau do binho) e marcos ferreira - felizs - feira literária da zona sul (2018)
- conversa-musical - “antropolíticas de la educación ancestral ameríndia y contemporánea: ciencia para qué y para quién?" - primeira parte
- conversa-musical - “antropolíticas de la educación ancestral ameríndia y contemporánea: ciencia para qué y para quién?" - segunda parte

07 de maio
A Educação Brasileira no século XX: heranças coloniais à repressão republicana aos anarquistas

Texto base: "breve história das políticas educacionais no século XX" (p.49-98) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

- documentário do coletivo Cinestesia (1995) sobre "escolas modernas" (experiências anarquistas de educação no começo do século) com entrevista com Jaime Cubero (1926-1998)

leitura complementar:
mestrado de Maíra Moraes dos Santos sobre Jaime Cubero e as experiências anarquistas:
"jaime cubero: uma trajetória de práticas libertárias para a educação ...

- conversa-musical "autopoiésis & práxis libertária" - 1a. parte
- conversa-musical "autopoiésis & práxis libertária" - 2a. parte
- conversa-musical "autopoiésis & práxis libertária" - 3a. parte

14 de maio

A Educação Brasileira no século XX: democratização e introdução do tecnicismo nos acordos mec-usaid

Texto base: "breve história das políticas educacionais no século XX" (p.98-118) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.
- conversa-musical "desescolarização & autonomia de vida"
tarefa para 19 de maio de 2021 - a ser enviada por email para marcosfe@usp.br

21 de maio
Sobre a Escola: Ensino Fundamental e Ensino Médio

Texto base: "unidade escolar: gestão, projeto pedagógico e educação de sensibilidade" (p.155-173) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

"a organização do ensino médio: impasses e experimentações" (p.185-196) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

"aspectos sociais e antropológicos do cotidiano escolar"(p.145-153) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

FERREIRA-SANTOS, M. (2014). Um quintal e muitas sementes a educadora Therezita Pagani no cinema de Fernanda Heinz. In: ALMEIDA, Rogério de & FERREIRA-SANTOS, M. (org.). Cinema e as possibilidades do real. São Paulo: Képos, p.71-104.

- filme: "sementes do nosso quintal", dir. Fernanda Heinz
- filme: "vocacional: uma aventura humana", dir.: Toni Venturi
- debate fernanda heinz e marcos ferreira sobre "sementes do nosso quintal" - cinusp
- conversa-musical "lembranças de infância" 1
- conversa-musical "lembranças de infância" 2

28 de maio
Educação Especial e Gênero na Educação Básica

Texto base: "educação especial e corporeidade na gesticulação cultural" (p.197-206) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

- Leitura complementar:
VIANNA, Claudia & UNBEHAUM, Sandra. Gênero na Educação básica: quem se importa? Educ. Soc., Campinas, vol. 27, n. 95, p. 407-428, maio/ago. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v27n95/a05v2795.pdf

- conversa-musical sobre "mulheres indígenas" - lideranças a se conhecer

resultado do exercício de reconstrução poética:
fotopoemar - poeb 2021
poema completo

4 de junho
questões atuais sobre políticas públicas de educação: Lei Federal n.o 9.475/97 (ensino religioso), Lei federal n.o 11.769/08 (ensino de música) e ensino de jovens e adultos

Texto base: "ancestralidade e convivência no processo identitário: história e cultura afro-brasileira e indígena" (p.207-228) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

FERREIRA-SANTOS, M. (2017). Cultura e educação afro-ameríndia: fluxos da experiência na FE-USP. In: ALMEIDA, R. & BECARI, M. Fluxos Culturais. Curitiba: UFPR, p. 28-45

FERREIRA-SANTOS, M.(2010). O sagrado e a religiosidade como jornada psíquica. Diálogo (São Paulo), v.XV, p.8 - 13.

FERREIRA-SANTOS, M. (coord.); RIBEIRO, Amanda; LIBERTI, Leonardo; LEMOS, Marília; ARENHÖVEL, Sophie & MEDRADO, Vinícius. (2007). Cantos da Educação: mito, antropologia sonora & diversidade na formação docente. São Paulo: FE-USP, Anais da 5a. Semana de Educação: A USP e a formação docente, novembro.

conversa-musical e sarau em homenagem à tula pilar
- conversa-musical sobre "A música e a dança como território de um povo: latcho drom - o caminho cigano na tradição nordestina" - ciranda de filmes (2019)
- conversa-musical sobre "mito & sagrado: as transformações de eros" - 1a. parte
- conversa-musical sobre "mito & sagrado: as transformações de eros" - 2a. parte
- conversa-musical: cultura & educação ameríndia: nós quem cara pálida? - marcos ferreira-santos, usp - 2021 - 1a parte

- conversa-musical: cultura & educação ameríndia: nós quem cara pálida? - marcos ferreira-santos, usp - 2021 - 2a parte

11 de junho
questões atuais sobre políticas públicas de educação: Lei Federal n.o 10.639/03 e 11.645/08 (história e culturas afro-ameríndias) - 1

Texto base: "ancestralidade e convivência no processo identitário: história e cultura afro-brasileira e indígena" (p.207-228) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

FERREIRA-SANTOS, M. (2018). O assassinato de Hipátia – ou quando o Outro deve morrer. In: LIMA, A.C.; Pagotto-Euzébio, M.S. & ALMEIDA, R.(org.). Os outros, os mesmos: a alteridade no mundo antigo: XIII Semana de Estudos Clássicos da FEUSP. São Paulo: Faculdade de Educaçãoda USP, selo Galatea, pp. 174-191

FERREIRA-SANTOS, M. (2019). A griola Elis Regina: uma minina-Oxum-mulher-Iansã crepuscular. Prefácio In: VALE, Elis Regina Feitosa & FERREIRA-SANTOS, Marcos. Capoeiranças de Elis: poética matrial da ancestralidade em capoeira Angola. São Paulo: FEUSP, selo Galatea.

- video: "à sombra de um delírio verde", The Dark Side of Green, direção: Na Baccaert, Nico Muñoz & Cristiano Navarro. Belgica, Argentina e Brasil, 2011.
- conversa-musical "a ancestralidade nos fundamentos da inovação em educação"
- conversa-musical e dança tradicional "krahó" na EMEF amorim lima
- debate com marcos ferreira e daniel munduruku - feusp (2008)
- ailton krenak apresenta marcos ferreira-santos - "entremundos" ocareté/registro/sp (2010)

18 de junho
questões atuais sobre políticas públicas de educação: Lei Federal n.o 10.639/03 e 11.645/08 (história e culturas afro-ameríndias) - 2 - princípios de sumak kawsay

texto base: FERREIRA-SANTOS, M. (2018). Sumak Kawsay y Gandhi: diálogos para un vivir colectivo la diferencia em plenitud. In: ALMEIDA, R. & PÉREZ, Tito H. (orgs.). Culturas de paz e educação latino-americana. São Paulo/Bogotá: Galatea, FEUSP/Universidad Santo Tomas, pp. 80-129.

- conversa de marcos ferreira no IAEN - instituto de altos estudios nacionales - ecuador
- conversa-musical "a grande mãe ameríndia", conversa-musical na III feira afetiva - união akasha 2020
- conversa-musical:
potência das massas "X" repressão do poder


25 de junho

distinção entre professor e mestre artesão

Texto base:
"o trabalho do professor: paradigmas, estigmas e enigmas" (p.129-143) In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.
"dilemas democráticos da educação" In: FERREIRA-SANTOS, M. & ALMEIDA, R. Antropolíticas da Educação. São Paulo: Képos, 3a. edição, 2019.

FERREIRA-SANTOS, M. (2012). Innovación curricular y enseñanza superior: el arquetipo del maestro-aprendiz en la experiencia de lab_arte. In: VII Cátedra Agustín Nieto Caballero: Practicas innovadoras y reflexivas en educación superior. Bogotá: Universidad Pedagógica Nacional, p. 67-74. Disponivel também em clique aqui..

- conversa-musical: ensinamento (luiz antonio nascimento & marcos ferreira-santos - usp) - pontos de capoeira angola
- conversa-debate sobre "orides fontela: a ânima de uma fontela" - cinusp
- conversa-musical "autoformação & testemunho existencial" – 1a. parte
- conversa-musical "autoformação & testemunho existencial" – 2a. parte


2 de julho
aprendizagem da morte no trabalho do educador à busca da maestria

Texto-base: FERREIRA-SANTOS, M. Três estações, um encontro e o canto. In: ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (Org.). O cinema como itinerário de formação. São Paulo: Editora Képos, p.11-32, 2011

- conversa-musical "o crepúsculo do mestre" - 1a parte
- conversa-musical "o crepúsculo do mestre" - 2a parte
- conversa-musical sobre o filme "hanami - cerejeiras em flor" - cinusp
- conversa-musical "autoformação & testemunho existencial" – 3a. parte
- conversa-musical "autoformação & testemunho existencial" – 4a. parte

09 de julho
não haverá aula - período de preparação do material de avaliação
16 de julho
avaliação - 1a. parte

sarau com apresentação e discussão dos trabalhos finais em música, canto, performance, dança, poesia falada, vídeo-poesia, rádio-novela, epistolografia [carta], escultura, pintura, desenho, fotografia, artesanato, instalação, obra gastronômica, narração de estória, etc..., articulando a experiência do estágio com a escolha de algum dos temas do curso
- individual ou em grupo (respeitando a quarentena em bolhas de proteção e protocolos de biossegurança)
- enviar o material para o grupo para que todos possam ter acesso aos materiais:
poeb_marcosfe@googlegroups.com
23 de julho
avaliação - 2a. parte

segundo dia do sarau

leitura complementar sugerida:
literatura afro-ameríndia infanto-juvenil

outros:


FERREIRA-SANTOS, M. (2005) Crepusculário: conferências sobre mitohermenêutica & educação em Euskadi. São Paulo: Editora Zouk, 2a. ed. - pedidos: http:/www.editorazouk.com.br

ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (2014). O cinema e as possibilidades do real: um prólogo ao diálogo. In: ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (org.). Cinema e as possibilidades do real. São Paulo: Képos, p.9-18.

OLIVEIRA , R.P. & ADRIÃO, T. (orgs.) (2002). Organização do ensino no Brasil: níveis e modalidades na constituição federal e na LDB. São Paulo: Xamã. - pedidos: http://www.xamaeditora.com.br/

legislação federal

Organização do ensino estadual

Estatísticas

Legislação FNDE

Publicações on-line (sistemas de ensino comparados)


-----------------------------------------------------------------------------------------------
Roteiros para cinema:
“Território do Brincar”, direção: Renata Meirelles & David Reeks, Instituto Alana, 2015.
“Sementes do Nosso Quintal”, direção: Fernanda Heinz Figueiredo, Aiuê Produtora, 2012.
Entrevista em cinema:
“Terreiros do Brincar”, direção: Renata Meirelles & David Reeks, Instituto Alana, 2017.

Bibliografia sobre cinema e educação:
ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (org.) (2014). Cinema e as possibilidades do real. São Paulo: Képos.
em especial seu prólogo: ALMEIDA, Rogério &FERREIRA-SANTOS, M. (2014). O cinema e as possibilidades do real: um prólogo ao diálogo, p.9-18.
ALMEIDA, Rogério & FERREIRA-SANTOS, M. (org.) (2012). Cinema e contemporaneidade. São Paulo: Képos.
ALMEIDA, Rogério de & FERREIRA-SANTOS, M. (org.) (2011). O cinema como itinerário de formação. São Paulo: Képos.

diagramas
  autorizada a reprodução desde que citada a fonte
círculo hermenêutico
complementaridade dos princípios
dinâmica do imaginário
faces de neikós
falantes nativos
fenomenologia da estesia (VVV)
humanismo antropocêntrico
humanismo biocêntrico
influências de berdyaev
iniciação
jeli ou griots & griôlas
linha do tempo em riukiu
mito & música
mitohermenêutica das grandes mães
mudança paradigmática 1
mudança paradigmática2
ocupação humana histórica
(visão não-machista)
percepção/consciência
trajeto antropológico & pessoa

 

estágio

POEB prevê obrigatoriamente 60 hs de estágio.
- A avaliação final dos estágios e disciplina será colaborativa atrabés do sarau
- O tema deverá ser escolhido entre os tópicos discutidos no curso e articulado com as experiências de estágio dos componentes do grupo

IMPORTANTE: no caso específico desta disciplina de POEB com o prof. marcos ferreira-santos, se sugere que o estágio seja feito fora das escolas públicas ou particulares. Deverá ser realizado em outros espaços e instituições que tem uma relação pedagógica específica: lab_arte (feusp), centros de arte, museus científicos e didáticos, oficinas de arte, cursinhos populares, coletivos feministas, de autogestão, de agro-ecologia, permacultura, de ação comunitária, institutos de pesquisa em cultura (centro cultural são paulo, instituto moreira salles, itaú cultural, museu da pessoa, zoológico de são paulo, pinacotecas, etc), coletivos de preservação da memória, aldeias indígenas, quilombolas, paragens ciganas, assentamentos,etc...
- Lembro que em virtude da pandemia e necessidade de isolamento social de acordo com os protocolos de biossegurança todos os estágios deverão ser realizados no modo remoto.


Novos procedimentos sobre ficha de estágio e carta de apresentação:
A Comissão de Estágios, Estudos Independentes e TCC informa algumas mudanças recentemente implementadas quanto a dois documentos que regulam a realização dos estágios supervisionados, a saber:
A) Termo de Compromisso: até o momento, os Termos de Compromisso eram disponibilizados em formato pdf por nome do docente. A partir desse semestre, entrará em vigor um modelo de Termo de Compromisso em arquivo protegido. O Termo encontra-se disponível na página da FEUSP, acessando-se os links: graduação > estágios >
documentos do estágio curricular:
http://www4.fe.usp.br/estagios/documentos-do-estagio-curricular

B) Ficha de Estágio: a ficha de estágio continuará a ser usada por constituir-se importante documento de registro das atividades realizadas pelos estudantes e se encontra disponível na página da FEUSP acessando-se os links: graduação > estágios > documentos do estágio curricular. A mudança implementada pela Comissão consiste na disponibilização de formulário online na página da FEUSP para registro de dados e upload da Ficha de Estágio.
O estudante deverá preencher o formulário online e fazer o upload de sua ficha por meio do link
http://www4.fe.usp.br/estagios/registro-da-ficha-de-estagio, não havendo mais a necessidade da assinatura do docente, pois com a inserção de sua aprovação com nota e frequência no sistema júpiter, o aluno tem lançados automaticamente os seus créditos de estágio.

lab_arte - laboratório experimental de arte-educação e cultura

O Lab_Arte – laboratório experimental de arte-educação & cultura é um laboratório didático da FEUSP criado em 2004 por iniciativa dos alunos de Pedagogia para tentar suprir uma importante lacuna nas atividades formativas da instituição a partir de experimentações e vivências nas várias linguagens artísticas, numa perspectiva antropológica, levando em conta a diversidade cultural, étnica e artística.
auditório helenir suano - sala 130 - bloco C - feusp - avenida da universidade, 308
- será permitido a experiência de estágio com as atividades virtuais do lab_arte em tempos de quarentena

vídeo sobre o lab_arte

voltar